sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Por vezes

Sinto falta do
sabor
interminável de
uma longa
noite
de silêncio,
por vezes...

Lisboa, 30 de Setembro de 2011 - 22h15m

Sem comentários:

Enviar um comentário