quarta-feira, 14 de setembro de 2011

(Re)Descoberta

Mesmo que ao Homem roubem todos os bens, jamais lhe roubarão a sua essência superior, que é o que o define a um nível mais profundo. Talvez seja o tempo de esse mesmo Homem começar a perceber que, antes de qualquer bem fugaz, existe uma preciosa consciência humanamente divina à espera de ser (re)descoberta.

Sem comentários:

Enviar um comentário