sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Impressionismo

Recordo um
céu
marmoreado de rosa
e azul,
qual aguarela
pintada
num final de tarde em
Outubro.

Lembro-me de lhe
sorrir
demoradamente, guardando num
silêncio onírico
a beleza daquele
quadro
feérico. Ainda há
pintores que sem
tinta
sabem pintar quadros
perfeitos.

Alcanhões, 28 de Outubro de 2011 - 23h45m

Sem comentários:

Enviar um comentário