quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Unidade

Existe um
Eu
e existe um
Nós.
Existe um singular
integrado num plural
maior.
Existimos, humanos,
enquanto indivíduos
e enquanto
humanidade.

E essa identidade
una
e particular,
celebrada
num Universo pleno
e perfeito,
não nos será
jamais
retirada. Pois
esperar
que se separe
o que não se pode
separar
é como acreditar que ao
oceano
poderiam roubar todos os
peixes.

Lisboa, 27 de Outubro de 2011 - 21h58

Sem comentários:

Enviar um comentário