segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Macambúzio

Tens os
olhos
tristes, e a expressão
apagada
como se vivesses
apenas
por não teres morrido
ainda.

Que bizarra
vida (?)
é essa que
tens, macambúzio.
Insípida
e vulgar,
como o que se
come somente
para que a
fome não nos vença
por cobardia e
cansaço.

Alcanhões, 12 de Dezembro de 2011 – 21h26m

Sem comentários:

Enviar um comentário