terça-feira, 6 de dezembro de 2011

O trinar que nos define

Não basta olharmo-nos ao espelho para que possamos reconhecer a nossa verdadeira identidade. Para isso, é crucial que mergulhemos profundamente no nosso olhar até encontrarmos o trinar que nos define. E é essa a melodia, criada pelo vigor do grito que nos saiu da voz no dia em que fomos dados à luz, que nos musica a vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário