terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Tenho uma vontade de nada

Tenho uma
vontade de
nada.

Tenho uma
vontade de
nada entregar ao
desejo, à ambição
humana. Tenho uma
vontade de não
ter, de não
ser.

Tenho uma
vontade de
escrever nada, pensar
nada. Tenho uma
vontade de
nada em
mim. Ser
nada.

Tenho uma
vontade de
nada.


Alcanhões, 21 de Fevereiro de 2012 - 22h13m

2 comentários:

  1. Muito bom. Revejo-me totalmente no texto.

    Passa também no meu blog:
    http://palavreado-inutil.blogspot.com/

    Um abraço.

    ResponderEliminar