quinta-feira, 1 de março de 2012

Arte (in)útil

Quão útil
és, Arte,
nessa
inutilidade que te
define.


Alcanhões, 1 de Março de 2012 - 21h37m

Sem comentários:

Enviar um comentário