quarta-feira, 2 de março de 2016

Procedimento para despertar da ilusão

Escolhe o lugar mais quieto da casa
senta-te em posição de lótus
e abre a realidade como se fosse um mapa.

Vê as linhas contínuas
que desenham coisas com nomes.
Tudo tem legenda e definição.

Fecha o mapa.
Imagina linhas a tracejado
e nomes por inventar.

Tu não és do tamanho do que vês.
És maior.


Alcanhões, 2 de Março de 2016 – 11h11m

1 comentário:

  1. Vou tomar como meu este "procedimento", Poeta...
    Um poema muito belo.
    Beijo.

    ResponderEliminar